Arquivo de tag narradora

A importância de um grupo ou evento de RPG voltado para mulheres

Sabemos que no Brasil há alguns grupos e eventos de RPG voltado para mulheres que vem ganhando nome ao longo dos últimos anos, sabemos também que esses grupos lutam por uma causa que ainda hoje não é aceita por todos, a causa feminista. O que muitos não sabem é; para que esses grupos/eventos existem? É só pelo feminismo? Para ganhar nome? Ou seria uma forma das mulheres dominarem o mundo e serem melhores que os homens?

Falando assim, parece que somos vilãs de um quadrinho qualquer. Mas a questão é totalmente contrária, somos vítimas de uma sociedade machista que em muitos anos nos colocou para escanteio e que infelizmente ainda nos coloca. No meio geek/nerd e principalmente no RPG o machismo é violento conforme as regras. Exemplos disso é que nos jogos online as meninas usam um codinome masculino para não receberem assédio, nem agressão verbal dentro do jogo, ou a cosplayer que é tocada de forma abusiva porque está com uma roupa mais sensual, e no RPG não seria diferente, ouvimos discursos como: “mas aqui é rpg medieval, então eu vou estuprar seu personagem, é normal isso acontecer”, “temos que salvar a princesa”, “você é burra, fraca…”. O mestre cria situações em que a personagem use poucas roupas, ou dá XP porque é mulher, a casos mais extremos onde o jogador expõe a jogadora em um nível constrangedor e totalmente abusivo perante aos demais jogadores.

Por esses e muitos outros motivos, o feminismo se faz presente e, principalmente os grupos e eventos voltados para mulheres existem. Não é segregação, mas sim para que criemos um ambiente confortável e aceitável para todxs. Ao contrário do machismo, o feminismo prega a igualdade. Continuamos nos divertindo com os homens e os respeitando como cidadãos, e assim lutamos para que seja com as mulheres, crianças, idosos…

Pensando nisso, criamos um evento onde as mulheres possam jogar e narrar a vontade, comandar boardgames, cardgames, estar a frente da organização de um evento de RPG, poder compartilhar de suas experiências com outras pessoas, e que essas mulheres possam ser ouvidas por quem acha que no RPG não há machismo. O Covil Delas é um evento de mulheres para todxs, que ganhou muita força desde o ano passado, aumentamos o número de narradoras que antes não tinha, acolhemos aquelas que sofreram ataques machistas, mudamos a cada dia a visão de mulheres que não se acham capaz de jogar ou narrar um RPG. Percebemos que ao longo de quase 2 anos de Covil Delas, o RPG em Fortaleza tem ganhado força e o Covil do RPG tem ganhado destaque como um grupo diversificado, não só com as mulheres, mas com as crianças, a comunidade LGBT… Ou seja, nessa aventura, todxs ganham.